Crianças Família

Uso de Telas- Isso prejudica meu filho?

Uso excessivo de telas causa impacto em todos, independente da idade, e isso se agravou durante a pandemia, principalmente para as crianças que começaram a ter aulas online.

Mas isso prejudica meu filho? Até que ponto eu posso permitir o uso de telas?

Infelizmente vivemos algumas realidades tristes no nosso país, como a dura realidade de que nem todos os pais conseguem dar toda atenção para seus filhos devido ao trabalho, afazeres domésticos, e etc, e por conta disso acabam recorrendo a telas para distrair seus filhos. E mais, a pandemia trouxe ainda uma maior necessidade de as crianças estarem em contato com as telas, devido as aulas online e por ficarem mais tempo dentro de casa.

Devido a isso as crianças estão ficando cada vez mais dependentes da tecnologia para se entreter, o que mais cedo ou mais tarde pode trazer alguns prejuízos a saúde, como por exemplo: Problemas de visão, sedentarismo, dependência virtual, entre outros.

Para as crianças que estão tendo aula online, a recomendação é que ao invés de gastarem o tempo livre nas telas, buscarem outras atividades que não envolvam elas.

Se não conseguirem, busquem passar o menos tempo possível de lazer em telas.

Para os bebês e crianças até 6 anos, é recomendado o mínimo de tempo possível na frente das telas, de preferência menos de 2 horas por dia.

Lembre-se que ao cortar o uso das telas, é necessário oferecer atividades alternativas, como brinquedos diferentes, atividades ao ar livre, passeios diferentes e etc.

Sabemos que hoje em dia existem muitos conteúdos importantes e relevantes para as crianças e adolescentes na internet, por isso não recomenda-se cortar o uso total de telas, mas precisa ser dosado para não prejudicar o desenvolvimento a juventude.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *